Categories DIVERSOSEDUCAÇÃO

EM UMA EMOCIONANTE SOLENIDADE O PROERD FORMA SUA PRIMEIRA TURMA EM MONTALVÂNIA

O abuso de drogas constitui-se em uma grande ameaça à sociedade, pois representa, para o usuário, um comprometimento do futuro e da qualidade de suas relações sociais, com maior propensão ao envolvimento em crimes, violência e ingresso num ciclo de decadência de valores. O público mais vulnerável à dependência é composto por crianças e adolescentes, pelo fato de se encontrarem menos preparados para resistirem aos muitos apelos e incentivos ao uso.

 

A principal estratégia contra esses males é a prevenção por meio do diálogo com as pessoas, ainda durante sua infância e adolescência, fases de suas vidas em que se encontram mais naturalmente aptas a receber orientações e assimilar valores.

Para ajudar a combater e prevenir esse mal a Polícia Militar desenvolve o Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd, que consiste num esforço cooperativo da Polícia Militar, Escola e família, visando preparar crianças e adolescentes para fazerem escolhas seguras e responsáveis na autocondução de suas vidas, a partir de um modelo de tomada de decisão.

Por meio de atividades educacionais em sala de aula, o policial militar devidamente capacitado, fornece aos jovens as estratégias adequadas para tornarem-se bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência. Com ações direcionadas a toda a comunidade escolar e aos pais/responsáveis, o Proerd também promove a inclusão da família no processo educacional e de prevenção.

É direcionado à Educação infantil e anos iniciais e 5º e 7º ano do ensino fundamental.

Nesta sexta-feira (30) aconteceu no Ginásio Poliesportivo da Praça de Esportes, a formatura da primeira turma do programa em Montalvânia, com a participação de 250 crianças e adolescentes das Escolas Estaduais Inconfidentes e de Montalvânia e as Escolas Municipais São José, da sede e do distrito de Pitarana. Uma cerimônia bonita e emocionante onde os valores familiares e da amizade foram evidenciados por todas as escolas nas homenagens ao instrutor do programa, soldado Danilo Souza, numa valorização e reconhecimento inéditos em formaturas do programa.

Os formandos fizeram juramento Segundo o mestre de cerimônias, sargento Ferreira do 30º Batalhão da PM/MG, de todas as formaturas que já participou a de Montalvânia foi a que o instrutor do Proerd foi mais reconhecido e valorizado pelos serviços prestados à comunidade.
.
As mascotes do programa, os bonecos do leão Darem e do Policial Legal abrilhantaram a cerimônia e fizeram a alegria da garotada,

Participaram da mesa de honra o vice-prefeito Pedro Lopes, representando o prefeito, Dr. José Ornelas, o presidente da Câmara de Vereadores, Valdivino Doriedson Soares (Dim Boião), a secretária municipal de Educação, Hozana Peixoto Sales, o comandante da PM de Montalvânia, tenente Jomar Carreiro Veloso e uma representante do Conselho Tutelar. Vários policiais militares, a Guarda Municipal, pais, diretores e professores das escolas envolvidas estiveram presentes.

Os formandos fizeram juramento de ficar longe das drogas, assegurando publicamente a intenção.

É parte integrante do currículo do Proerd a confecção de uma redação e um desenho em que o aluno descreve suas experiências vividas, o Proerd, vida e paz.

A vencedora do concurso de redação foi Bárbara Rodrigues Pereira, 11 anos, do 7º Ano da Escola Inconfidentes, Bárbara recebeu uma bicicleta como premio e, após ler sua redação disse que estava muito nervosa, emocionada e feliz.

– Fiz a redação de acordo com o que aprendi nas aulas do PROERD. Gosto muito de ler e escrever e por isso não tive dificuldade. Meu sonho é ser jornalista. Nunca imaginei viver isso tudo que estou vivendo aqui. Hoje foi o melhor dia da minha vida. O PROERD foi fundamental em minha vida, abri os olhos para o mundo e passei a ser outra pessoa com o conhecimento que adquiri e vou passar pra frente, declara a aluna vencedora.

A vencedora do melhor desenho foi a aluna Paula Raynara Almeida Souza, do 2º Ano da Escola São José.
Os segundos e terceiros colocados nas duas categorias também receberam prêmios.

Para a professora de português da Escola Inconfidentes, Marla Taysa Mota, o programa foi de fundamental importância para a cidade e causou um grande impacto na vida dos alunos, o que ocasionou uma mudança de comportamento e de atitude no ambiente escolar e consequentemente na vida familiar e em sociedade.

A mãe do aluno Samuel Lucas de 6 anos, Tatiane Costa, disse que o Proerd já começou a mudar a vida do seu filho e que ele tomou o policial instrutor como referência de vida, admirando-o e despertando o desejo de ser como ele.

O Proerd é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar que, em parceria com a Escola e as famílias, educa e prepara crianças e jovens para a valorização da vida e de uma sociedade mais saudável e feliz.

O pioneiro do Proerd em Montalvânia, soldado Danilo Souza, disse que ter coordenado o programa na cidade, pela primeira vez, foi muito gratificante.

– Nao só pelo retorno imediato dos professores e alunos, mas por saber que estarei ajudando as crianças a terem um futuro saudável, tornando-os melhores cidadãos e aproximando eles da PM. Fiquei ansioso por ser a primeira turma, mas feliz que tudo deu certo. Fiquei emocionado demais pelas homenagens… fui pego de surpresa, finalizou o soldado Danilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *