Categories AGRICULTURADIVERSOS

MONTALVÂNIA É BENEFICIADA COM TRATOR E OUTROS EQUIPAMENTOS ATRAVÉS DE EMENDA PARLAMENTAR DO DEPUTADO ZÉ SILVA

O prefeito Dr. José Ornelas esteve na manhã desta segunda-feira (13), na Superintendência da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – Codevasf, em Montes Claros, para assinatura de convênio que irá beneficiar produtores da agricultura familiar e levar água para diversas comunidades do município.

 

Com recursos de Emenda e da ação parlamentar do deputado Zé Silva (Solidariedade-MG), foram adquiridos um trator com implementos e canos para abastecimento de água de comunidades rurais.

 

Esta ação do deputado Zé Silva beneficiou também uma série de 13 municípios mineiros com o investimento de R$ 756.580,00, que correspondem 8 tratores com grades aradoras, 01 ensiladeira, 01 carreta e 01 roçadeira, além de diversos equipamentos para abastecimento de água.

 

Estiveram na solenidade o deputado federal Zé Silva, o superintendente da Codevasf, Rodrigo Rodrigues, deputado estadual Arlen Santiago (PTB) e os prefeitos das cidades beneficiadas, entre eles o de Montalvânia, Dr. José Ornelas.

VEJA MAIS
Categories DIVERSOSEDUCAÇÃO

PREFEITURA REALIZA A II CONFERENCIA DE EDUCAÇÃO

Com o objetivo de debater as politicas públicas da Educação para os próximos dez anos, a Prefeitura de Montalvânia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou na manhã deste sábado (11), no auditório Juarez Espínola Guedes / Monte Lopino, a II Conferência Municipal de Educação, com o Tema: Implementar os Planos de Educação é defender uma educação pública de qualidade social, gratuita, laica e emancipatória.

Participaram os profissionais de Educação, representantes do poder público municipal, estadual e da sociedade civil organizada com o intuito de discutir e aprimorar o Plano Municipal de Educação.

A Conferência é um espaço de debate de vários segmentos sociais para a socialização de experiências, avaliação da situação da educação no município e proposição de diretrizes da politica municipal de educação.

As discussões giraram em torno de nove eixos temáticos, incluindo pontos como financiamento, valorização profissional e diversidade.

A conferência nacional de educação vem se consolidando como estratégia fundamental para fortalecer diálogos democráticos e promover ampla participação na definição da política educacional no país. Possui um caráter mobilizador e propositivo, articula expectativas da sociedade brasileira em relação ao direito à educação e, por meio da interação democrática entre sociedade civil e política, promove o debate e a construção de propostas para a definição e implementação de políticas públicas para a educação. Diante disso, faz-se necessário discutir sobre a melhoria educacional no país, no estado e no município.

Na abertura houve uma apresentação cultural pelos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental e apresentação musical com a Professora Wiliany Neves Costa Mota, ambas da Escola Municipal São José.

A equipe de apoio da II Conferência Municipal de Educação de Montalvânia foi formada por:

Hozana Peixoto Sales Marinho

Josiléia Aguiar

Maria Geralda Gonçalves Neves

Mirza Mota Barros

Nádia Alkmim Fonseca

Reycilane Silva Ornelas

Venus Carvalho Delmondez

De acordo com o Decreto Municipal  nº 41/2017  a Comissão Organizadora da II Conferência Municipal de Educação do município de  Montalvânia foi composta por representantes do seguintes segmentos:

Representando os gestores da educação pública municipal – Hozana Peixoto Sales Marinho.

Representando os trabalhadores em educação – Antônio Francisco de Sousa.

Representando os estudantes – Mariana Gonçalves Vieira e Raquel Gonçalves Veiga.

Representandoos pais de alunos – Wiliany Neves Costa Mota e Elma Oliveira Ramos.

  

A palestra com o tema  “Implementar os Planos de Educação, é defender uma educação pública de qualidade social, gratuita, laica e emancipatória”, foi proferida pela secretária municipal de Educação da cidade de Manga, Fabrícia Ferreira Mota, que é pedagoga com formação em supervisão, inspeção escolar e magistério, mestre em Gestão Educacional e doutoranda em Educação  pela  Universidade  Autônoma de Assuncion (Paraguai).

 

Após a palestra houve divisão dos grupos em eixos, onde cada grupo elaborou propostas para apresentação e sistematização dos trabalhos.

Os eixos discutidos foram:

-Eixo 1:  Planos decenais e SEE: instituição, democratização, cooperação federativa, regime de colaboração, avaliação e regulação da educação;

– Eixo 2: Planos decenais e SEE: qualidade, avaliação e regulação das políticas educacionais;

– Eixo 3: Planos Decenais, SEE e Gestão Democrática: participação popular e controle social;

– Eixo 4:  Planos Decenais, SEE e democratização da Educação: acesso, permanência e gestão;

– Eixo 5: Planos Decenais, SEE, Educação e diversidade: democratização, direitos humanos, justiça social e inclusão;

– Eixo 6: Planos Decenais, SEE e Políticas Intersetoriais de Desenvolvimento e Educação: cultura, ciência, trabalho, meio ambiente, saúde, tecnologia e inovação;

– Eixo 7: Planos Decenais, SEE e Valorização dos Profissionais da Educação: formação, carreira, remuneração e condições de trabalho e saúde;

– Eixo 8: Planos Decenais, SEE e financiamento da educação: gestão, transparência e controle social;

– Eixo 9: Construindo o Sistema Integrado de Educação Pública de Minas Gerais – SIEP/MG.

Após a elaboração e apresentação das propostas foi servido um almoço.

A conferência foi uma ação conjunta para a consolidação, o fortalecimento e a articulação de ações que promoveram o diálogo, o debate, a formulação e a avaliação de temas de interesse público relevantes para o desenvolvimento educacional.

“Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo”.

Paulo  Freire

VEJA MAIS
Categories DIVERSOSSAÚDE

AÇÃO DE COMBATE A TUBERCULOSE ABORDA POPULAÇÃO NA FEIRA LIVRE

Para alertar a população a combater e erradicar a Tuberculose no município a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu na manhã deste sábado (11), dia de feira, no Galpão da Feira Livre do Mercado Municipal, uma ação com os agentes de Vigilância em Saúde e enfermeiros.

A equipe abordou e informou a população sobre a prevenção, sintomas e cura da doença durante a feira.

A tuberculose é uma doença infecciosa que afeta principalmente os pulmões e mata mais de 1 milhão de pessoas por ano no mundo, sendo que, são aproximadamente cinco mil óbitos, por ano, no Brasil.

Tosse com expetoração, cansaço, alguma febre pelo final do dia, suor à noite, emagrecimento, gânglios no pescoço são alguns sintomas da tuberculose, que pode ser prevenida pela vacina BCG. Apesar de grave e mortal, o tratamento correto desta doença garante a cura ao paciente.

Com raízes sociais, o problema vem diminuindo, mas ainda é a doença infecciosa que mais mata no mundo.

É causada por uma bactéria de crescimento lento, a qual pode levar até 45 dias para se manifestar no organismo. O principal sintoma é a tosse, além de dores no peito, perda de peso, sudorese, febre e fadiga.

A transmissão dos bacilos ocorre pelo ar e são eliminados pela tosse, fala ou espirro. Com 15 dias de tratamento, o risco de contágio diminui, pois o número de bacilos capazes de causar infecção reduz drasticamente.

Uma estratégia para controlar a doença é o diagnóstico rápido. O diagnóstico de tuberculose tradicional é feito através da cultura sólida e pode levar até oito semanas para a liberação do resultado. O teste de cultura líquida automatizada detecta a presença do agente causador entre 7 a 13 dias, possibilitando o início do tratamento de forma mais rápida.

Quando apresentar alguns dos sintomas, é fundamental que a pessoa procure atendimento médico e, sobretudo, evite a automedicação.

É preciso realizar o Raio X do tórax para obter o diagnóstico correto, além de alguns exames laboratoriais, para assim, indicar o melhor tratamento e a melhor medicação.

 

 

VEJA MAIS